Fundada a 17 de agosto de 2007 por Carolina Marcello, Joana Coutinho e Paulo Brás, encerrou a sua atividade enquanto revista erótica a 17 de agosto de 2013, reabrindo a 12 de dezembro do mesmo ano como plataforma do projeto A MULHER É O FUTURO DO HOMEM.

Pompeia










10 comentários:

Francisco disse...

Pergunto-me pelo sentido disto: não acho que seja original ou que tenha qualquer espécie de significado profundo; é apenas óbvio e superficial.
Se quer pensar o erotismo clássico, há tantas outras coisas - da época em questão - mais interessantes e produtivas!

Mas, ainda assim, obrigado pela partilha.

Aónia Campónia disse...

Er... Parece fugir um pouco à filosofia do sítio.

Olha, sabias que ia haver ou já houve um ciclo de cinema qualquer na feup "sexo, drogas e rock'n'roll"?

Aónia Campónia disse...

Precisamente: óbvio; estranho aqui.

Brás, Paulão disse...

óbvio porque explícito?

Brás, Paulão disse...

reparo, por exemplo, que as mulheres são no geral mais claras e os homens mais escuros - pode-se deduzir algo relativamente aos papeis que cada um ocupava socialmente na cultura em questão.

reparo também que se faz por realçar os músculos dos homens e as curvas (mais ou menos cheias) das mulheres - o que também se pode entender daqui?

os cenários constituem frequentemente ambientes privados (tirando o último, devido à sua natureza alegórica), cama ou divã incluídos - como pensar a intimidade na antiguidade clássica?


não sei, vê sexo quem quer ver sexo. ou, melhor, só vê sexo quem etc. se a forma transmite um conteúdo e a arte um contexto, então uma revista pornográfica não é menos válida do que uma enciclopédia, um graffiti não possui menos(r) mensagem.

Brás, Paulão disse...

no fundo no fundo, isto n é mt diferente do exercício de percepção do david (uns posts atrás). procurem sempre os golfinhos, meus amores.

Aónia Campónia disse...

Os teus comentários não me convencem. Compreendo o que escreves (excluindo o último parágrafo) mas continuo sem entender a adequação das imagens a este sítio - se é como o concebo.


Também não me agradou a imagem do David por, na gestalt, a imagem dominante ser aquela.

Concebo que, aqui, o que fazemos é publicar os golfinhos que vamos descobrindo no mundo.

Brás, Paulão disse...

deus, há os alpinistas. e há aqueles que trabalham com os golfinhos nos parques aquáticos - e chegam a casa a cheirar a peixe. :D

David disse...

Se é para por vintage porn, faço já uma data de posts.

Mas concordo com o Dr. Brás, Paulão. Isto não é das coisas mais porn que os romanos fizeram. Alias, algumas delas só com imaginação é que se chega a algo sexual:
na primeira imagem o senhor está a ir para o urologista por ter sido picado por uma abelha

na segunda imagem pode ser dos primeiros exames ao cancro da mama

and so on...

Aónia Campónia disse...

:D