Fundada a 17 de agosto de 2007 por Carolina Marcello, Joana Coutinho e Paulo Brás, encerrou a sua atividade enquanto revista erótica a 17 de agosto de 2013, reabrindo a 12 de dezembro do mesmo ano como plataforma do projeto A MULHER É O FUTURO DO HOMEM.

Espelho meu (Gil Vicente)

2 comentários:

Aónia Campónia disse...

Very nice.

Aónia Campónia disse...

Bota lá no coiso dos burros, vamos alienar aquilo!