Fundada a 17 de agosto de 2007 por Carolina Marcello, Joana Coutinho e Paulo Brás, encerrou a sua atividade enquanto revista erótica a 17 de agosto de 2013, reabrindo a 12 de dezembro do mesmo ano como plataforma do projeto A MULHER É O FUTURO DO HOMEM.

Viagem aos mares do sul (Joaquim Namorado)

Nunca lá fui

7 comentários:

Aónia Campónia disse...

Apetece-me rir durante dez minutos.
Não fazer o exame e ir para casa dormir durante anos (no sofá, como desde há dois dias, quando encontrei uma aranha respeitável ao tirar a colcha da minha cama). A Rita Red Shoes tem uma música a fazer de "captain", achas normal? (Estou preparada para todos os fãs me esmurrarem, vá, à vontade.) Soubesse ela a vida de marinheira. Joaquim Namorado, acredito que mar não faltará.

Aónia Campónia disse...

Paulo, ias adorar estar aqui. Uma mana subtil. Estou a tentar estudar na sala dos computadores da minha faculdade (embora pense basear na minha própria pessoa as respostas ao exame - Diagnóstico em Psicopatologia) e, na fila à minha frente, está um rapaz ora a escrever num documento Word, ora a mudar as músicas do Windows Media Player, ora... pesquisando manas, maninhas e manonas por esse Facebook fora. Já adicionou três commo amigos. Pois, eu raramente me consigo concentrar. E fiquei muito focada na minha preferida: com cabelo à Cleópatra. Ele está há já muito tempo a olhar a cena, tem coisas que não te conto. Infelizmente, a minha miopia sem lentes não me permite ler o nome, para poderes inspirar-te em franjas na comodidade do lar. Nova ocupação manal: chat do Facebook, enquanto se olhas as fotografias do novo boy com quem se fala. Parece que também temos uma página do Travian aberta. Ai, são ocupações a mais para mim. Aposto que o trabalhinho sairá uma bela merda. Claro, e o meu estudo? Pois, eu quero é peace. Pronto, está feita a reportagem da manhã de 28 de Junho de 2010 do rapaz mana, aqui perá voceis. Apontamentos finais: 1) não estava na performance; 2) não tem o cabelo comprido - nem rapado.

Aónia Campónia disse...

A tristeza vital dá-me para estas coisas.

Aónia Campónia disse...

Actualização: mana guarda um artigo espanhol: "a sexualidade é como as Línguas. Todos podemos aprender várias".

Brás, Paulão disse...

todos podemos aprender várias sexualidades?

David disse...

A espiar as manas no engate no fb? tss tss tss
mas se ele está a ver manas e a pensar nas várias sexualidades que pode aprender, é porque não está muito seguro da sua "manisse"

Aónia Campónia disse...

Ou a pensar que pode ser mana, mano, man, masoquista, ... Ah, ah, porque eu li a entrevista das sexualidades.